1. Gestão Urbana
  2. »
  3. Notícias
  4. »
  5. Conheça os novos representantes...
 

08/08/2018

Conheça os novos representantes da sociedade civil no Grupo de Gestão da Operação Urbana Água Branca

Os nove candidatos eleitos e seus respectivos suplentes representarão a população pelos próximos dois anos



Eleição realizada no domingo foi bastante movimentada – Foto: SMUL

Nos últimos dias 4 e 5, foram escolhidos os novos representantes da sociedade civil no Grupo de Gestão da Operação Urbana Consorciada Água Branca (OUCAB) para os próximos dois anos (2018-2020).

Em 5 de agosto, das 9h às 17h, na Prefeitura Regional da Lapa, foi realizada a eleição de membros de movimento de moradia, bem como de moradores ou trabalhadores do perímetro e perímetro expandido da Operação Urbana.

Residentes ou trabalhadores no perímetro ou perímetro expandido da Operação, puderam votar. Cada eleitor tinha direito a seis votos: um para entidade de movimento de moradia, três para representantes de moradores ou trabalhadores do perímetro da OUCAB e dois para os situados no perímetro expandido da Operação. Ao todo, foram contabilizados 1.620 votos. Confira o resultado abaixo:

 

I – Movimentos de moradia

II – Moradores ou trabalhadores                      do perímetro

III – Moradores ou trabalhadores do perímetro expandido

12 – Associação dos Trabalhadores sem Terra da Zona Oeste – 1160 votos

TITULAR: Maria Elena Ferreira da Silva 
SUPLENTE: José de Jesus Ferreira da Silva 

11 – Comunidade União e Luta da Casa Verde – 356 votos

Titular: Paulina Maria da Conceição da Silva Suplente: Ana Paula da Silva 

 

27 – Jupira Cauhy – 1.084 votos – TITULAR

23 – Caio Boucinhas – 1.046 votos – TITULAR

26 – Ilma Maria Santos de Pinho – 1.007 votos – TITULAR

 

24 – Emerson da Silva – 197 votos –  SUPLENTE

22 – Ana Carolina Pereira dos Santos – 124 votos – 2º SUPLENTE

25 – Gislene Ferreira Américo Sant’Ana – 108 votos – 3º SUPLENTE

 

21 – Ana Carla Pereira dos Santos – 103 votos

33 – Leonor Galdino da Silva – 1.098 votos – TITULAR

35 – Severina Ramos do Amaral da Silva – 1.067 votos – TITULAR

 

31 – Alexandro Fernandes da Silva – 349 votos –  SUPLENTE

34 – Maria Cristina de Castro da Silva Akel Ayoub – 95 votos –  SUPLENTE

 

32 – Jorge Michel Akel Ayoub – 54 votos

 

 

 

 

Assembleia

No sábado (4), também na sede da Prefeitura Regional da Lapa, reuniram-se representantes das organizações não governamentais; das entidades profissionais, acadêmicas e de pesquisa com atuação em questões urbanas e ambientais; e das entidades empresariais, cujas inscrições foram homologadas. Para essa modalidade, os membros foram eleitos por seus pares.

No caso dos dois últimos segmentos, não foi necessária eleição, visto que os candidatos escolhidos optaram pela autocomposição. Ocorreu votação, no entanto, para as organizações não governamentais, sendo contabilizados 11 votos. Confira o resultado abaixo:

 

I – Representante de organizações não governamentais com atuação na região

II – Representante de entidades profissionais, acadêmicas ou de pesquisa com atuação em questões urbanas e ambientais

III – Representantes de empresários com atuação na região

12 – Instituto Rogacionista Santo Aníbal – 6 votos

TITULAR: Dulcinea Pastrello 
SUPLENTE: Adriana Patrícia Bogajo 

11 – Instituto Nacional e Internacional de Serviços de Desenvolvimento Social, Educacional, Cultural, Ambiental e Lazer – SECAE –  5 votos
Titular: Cícero Ribeiro de Souza
Suplente: Gisele Cristiane Martins

 13 – Associação dos Moradores do Jardim das Perdizes – 0 votos

Titular: Angélica Frederico
Suplente: Gisele Santos de Luca

22 – TITULAR: Laisa Eleonora Marostica Stroher – Instituto dos Arquitetos do Brasil

21 – SUPLENTE: Paula Freire Santoro – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU-USP

 

 

31 – TITULAR: Vladimir José Iszlaji -Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC)

32 – SUPLENTE: Larissa Garcia Campagner – Associação Comercial de São Paulo

 

 

Grupo de gestão (2018-2020)

Os nove candidatos eleitos e seus respectivos suplentes representarão a sociedade civil no grupo de gestão, que se reúne a cada três meses para discutir assuntos referentes à Operação Urbana, incluindo as prioridades de investimento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *