28/04/2021

Prefeitura prorroga prazo para a população discutir plano urbanístico do Jockey Club

Consulta pública online foi ampliada mais uma vez e agora ficará aberta até 26 de junho. Projeto define as regras para transformação de um dos maiores equipamentos da cidade



Com o objetivo de receber ainda mais contribuições da população e, assim, aprimorar o projeto para o Jockey Club, a Prefeitura de São Paulo prorrogou o prazo da consulta pública online até 26 de junho.

Essa não é a primeira vez em que o prazo é ampliado. Aberta em 10 de dezembro de 2020, a ferramenta de participação ficaria disponível até 26 de fevereiro deste ano. No entanto, com o objetivo de dar ainda mais voz à população nas discussões, a consulta foi prorrogada até 28 de março, e depois até 27 de abril.

 

 

 

 

PIU Jockey Club

O Plano Urbanístico é desenvolvido pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) e a São Paulo Urbanismo. Conhecido como PIU Jockey Club, seu objetivo é definir as regras para transformação de um dos maiores equipamentos da cidade, tendo em vista a valorização de sua história e arquitetura. 

Além disso, o Plano busca adequar o Jockey às novas dinâmicas da cidade, isto é, para que ele abrigue novas atividades além do turfe (corrida de cavalos) e seja mais utilizado pela população e melhor integrado à cidade.

Discutido com a população desde o final de 2019, o projeto encontra-se na sua segunda fase. Além da consulta pública online, a população poderá ajudar a melhorar a proposta em audiência pública a ser agendada. O plano também será tema de diálogos com os conselhos municipais. 

Em seguida, após avaliar todas essas contribuições recebidas da sociedade civil, o Município incorporará aquelas condizentes à proposta para qualificá-la. 

Por fim, na última etapa, o projeto será apresentado novamente à população, desta vez de forma definitiva, antes de se tornar oficial a partir de um decreto.  

Confira aqui todo o processo participativo do Projeto 

  

Por que desenvolver um Plano Urbanístico para o Jockey? 

O Hipódromo de Cidade Jardim, mais conhecido como Jockey Club, é um equipamento privado de grande porte, situado no distrito do Morumbi, na Subprefeitura do Butantã. 

Está inserido em uma Zona de Ocupação Especial (ZOE) que, de acordo com a atual Lei de Zoneamento (Lei nº 16.402/2016), deve receber um Projeto de Intervenção Urbana (PIU) para definição das regras urbanísticas para seu desenvolvimento e transformações. 

  

Saiba mais sobre a história do Jockey Club 

Desde que foi aberto em 1941 o Jockey Club é referência para o turfe nacional (corrida de cavalos), recebendo os principais eventos da modalidade junto com o Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. 

Em 2010 o conjunto do Jockey Club foi tombado pelo CONDEPHAAT, vinculado ao Governo do Estado, e em 2013 pelo CONPRESP, da Prefeitura de São Paulo. As duas resoluções ressaltam o valor histórico, arquitetônico, cultural e simbólico do local. 

Todavia, nos últimos anos, com o objetivo de diversificar e intensificar a utilização do equipamento e, consequentemente, atrair público em dias e horários que não há a prática do turfe, o Jockey tem recepcionado diversos eventos, principalmente ligados à gastronomia e cultura.