09/05/2022

Nota oficial da SMUL



A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento – SMUL, ao tomar conhecimento da concessão de medida liminar na Ação Civil Pública ajuizada pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo em face do Município de São Paulo (autos 1022650-93.2022.8.26.0053 – 16ª Vara da Fazenda Pública), comunica o imediato cumprimento da ordem judicial que determina a suspensão do procedimento de revisão do Plano Diretor na cidade de São Paulo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Comentários

  1. Fernando Gregori em disse:

    COM CERTEZA O ATUAL PREFEITO JÁ DEVE TER DECLINADO DE SUA TENTATIVA DE CONCORRER A PREFEITURA DE SP EM 2022 POIS DEPOIS DESTA DEMONSTRAÇÃO DE INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA, JURÍDICA, LEGISLATIVA E ATÉ MESMO DE CUNHO PESSOAL, DEIXOU CENTENAS DE MUNÍCIPES, CONSTRUTORAS E INVESTIDORES COMPLETAMENTE DESAMPARADOS. QUEM PAGA IMPOSTO E GERA EMPREGOS DIRETOS E INDIRETOS TAMBÉM DEVE SER RESPEITADO PELO PODER PÚBLICO. PREFEITURA DE SP, CAMARA LEGISLATIVA, ASSEMBLEIA, SAO TODOS UMA VERGONHA AO POVO DE SÃO PAULO.