1. Gestão Urbana
  2. »
  3. Notícias
  4. »
  5. Segundo Encontro Técnico –...
 

21/12/2017

Segundo Encontro Técnico – A cartografia do Projeto Ligue os Pontos: desafios e perspectivas

Realizado em Dezembro de 2017, o evento reuniu especialistas e técnicos da Prefeitura para discutir a cartografia do Projeto, que será iniciada no primeiro semestre de 2018



No dia 15 de dezembro estiveram reunidos no Auditório de Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento – SMUL especialistas convidados e técnicos da Prefeitura de São Paulo para discutir o escopo e a metodologia para a elaboração da cartografia do Projeto Ligue os Pontos.

A cartografia discutida no encontro integra a linha de ação do projeto denominada Dados e Evidências, que tem como objetivo construir uma base de dados consistente sobre o território da zona rural, incluindo informações sobre os agricultores, a cadeia de valor da agricultura familiar local e a cartografia temática em escala de detalhe. Os dados coletados serão usados no monitoramento do projeto através de indicadores.

Para subsidiar o debate o encontro contou com a presença de Bernardo Strassburg, economista do Instituto Internacional para a Sustentabilidade/Rio de Janeiro, que apresentou sua experiência na análise integrada do uso da terra e de incorporação dos serviços ecossistêmicos na formulação de políticas regionais, de Danilo Mizuta, engenheiro florestal da GEOINFO/SMUL/PMSP, que abordou o estágio atual e os produtos disponíveis do projeto de atualização do Mapa Digital da Cidade, em especial, do mapeamento da cobertura vegetal e de Janio Rodrigues, geógrafo da Divisão de Unidades de Unidades de Conservação/SVMA/PMSP que apresentou o mapeamento dos remanescentes de Mata Atlântica no Município de São Paulo e a definição de áreas prioritárias para a conservação e recuperação.

A dinâmica proposta pela equipe do projeto possibilitou o debate, já que depois das exposições, a partir de perguntas norteadoras, foi aberta a palavra a todos os participantes para comentários e contribuições que consolidados subsidiarão a elaboração do Termo de Referencia para a contratação deste importante produto do projeto.

A expectativa da equipe do projeto é que já se tenha ainda no primeiro semestre de 2018 os primeiros produtos, ou seja, cartas temáticas que mapearão: o uso do solo atual na zona rural, os conflitos de uso existentes e as áreas propícias para a agricultura sustentável. Posteriormente, com periodicidade semestral a cartografia deve detectar as mudanças ocorridas na região e os impactos do projeto.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *