Centro Aberto

Experiências na escala humana

Os projetos do Centro Aberto não buscam construir novos espaços, mas, sobretudo, transformar as estruturas preexistentes através da renovação de suas formas de uso.

 

Renovação das formas de uso

O Programa Centro Aberto tem como objetivo a transformação e ampliação do uso de espaços públicos subutilizados ou mesmo cercados, através de intervenções de pequena escala, ao modificar estruturas preexistentes permitindo atividades diversas. Promover a diversificação das atividades – envolvendo um número maior de grupos de usuários, em faixas de tempo também ampliadas – constitui-se em um instrumento fundamental para a construção do domínio público sobre os espaços. Esse processo é capaz de promover, além da melhoria na percepção de segurança, o reforço no sentido de pertencimento e identificação da população com o Centro.

Neles, convergem ações de diversos órgãos municipais, como o WiFi Livre SP e a renovação da iluminação pública, o incentivo à presença de artistas e comida de rua, assim como bicicletas compartilhadas e de paraciclos. As primeiras unidades do projeto Centro Aberto foram implantados em caráter de experimentação, como projetos piloto e foram uma forma de testar novas soluções em escala 1:1 antes de fazer alterações permanentes.

As unidades do Largo de São Francisco e Praça Ouvidor Pacheco e Silva e do Largo do Paissandu e Avenida São João foram as primeiras unidades implantadas. Após seis meses de uso e concluída a fase de testes e análises, já haviam sido aprovadas e incorporadas pela população. Após um ano das duas primeiras unidades, mais três foram desenvolvidas no centro da cidade, sendo Largo São Bento, Rua Galvão Bueno e Largo General Osório. A partir do resultado das análises, consolidou-se a pertinência desta forma de intervenção, que permite o diálogo público, o envolvimento da comunidade e atrai usuários e potenciais usuários para se engajar no processo de mudança da cidade com relação às suas próprias necessidades e demandas.

 

Projetos implantados

 

Baixe aqui o caderno Centro aberto – Experiências na escala humana: PDF

0_centro-aberto-experimentos-na-escala-humana_faca-o-download_01

 

Baixe também os cadernos de cada projeto